Terça, 21 de Novembro de 2017
PENSAMENTOS

SEMANA DE ORAÇÃO PARA A VIDA RELIGIOSA


VIDA RELIGIOSA: testemunhando a beleza de pertencer a Cristo!
Contemplemos este mistério deixando-nos cativar pelas palavras do nosso querido Papa Francisco aos religiosos:
« Esta é a beleza da consagração: é a alegria, a alegria... » [9]. A alegria de levar a todos a consolação de Deus. São palavras do papa Francisco no encontro com os seminaristas, os noviços e noviças. « Não há santidade na tristeza » [10], continua o Santo Padre, « não andeis tristes como os que não têm esperança », escrevia São Paulo (1Ts 4, 13).
A alegria não é um adorno inútil, mas exigência e fundamento da vida humana. Nas preocupações de cada dia, todo o homem e mulher procura alcançar a alegria e permanecer nela com todo o seu ser.
No mundo há, muitas vezes, um déficit de alegria. Não somos chamados a realizar gestos épicos nem a proclamar palavras altissonantes, mas a testemunhar a alegria que brota da certeza de sentir-se amado, da confiança de ser salvo.
A nossa memória curta e a nossa experiência fraca impedem-nos muitas vezes de procurar as « terras da alegria », onde saborear o reflexo de Deus. Temos mil e um motivos para viver na alegria. A sua raiz alimenta-se da escuta crente e perseverante da Palavra de Deus. Na escola do Mestre, escuta-se o « esteja em vós a minha alegria e a vossa alegria seja completa » (Jo 15, 11), e treinamo-nos com exercícios de alegria perfeita.
«A tristeza e o medo devem dar lugar à alegria: “Alegrai-vos... exultai... transbordai de alegria” – diz o profeta (66, 10). É um grande convite à alegria. […] Cada cristão, mas sobretudo nós, somos chamados a levar esta mensagem de esperança, que dá serenidade e alegria: a consolação de Deus, a sua ternura para com todos. Mas só o poderemos fazer, se experimentarmos, nós primeiro, a alegria de ser consolados por Ele, de ser amados por Ele. […] Existem pessoas consagradas que têm medo da consolação de Deus e se amofinam, porque têm medo dessa ternura de Deus. Mas não tenhais medo. Não tenhais medo. O nosso Deus é o Senhor da consolação, o Senhor da ternura. O Senhor é pai e Ele disse que procederá conosco como faz uma mãe com o seu filho – com ternura. Não tenhais medo da consolação do Senhor » [11].
Ao chamar-vos
4. «Ao chamar-vos, Deus diz-vos: “És importante para mim, Eu amo-te; conto contigo”. Jesus diz isto a cada um de nós! Daqui nasce a alegria! A alegria do momento no qual Jesus olhou para mim. Compreender e sentir isto é o segredo da nossa alegria. Sentir-se amado por Deus, sentir que, para Ele, nós não somos números, mas pessoas; e sentir que é Ele que nos chama » [12].
(http://www.vatican.va/roman_curia/congregations/ccscrlife/documents/rc_con_ccscrlife_doc_20140202_rallegratevi-lettera-consacrati_po.html)

 

Outros Pensamentos
TEMPO COMUM: EM NAZARÉ...
MARIA, MÃE DE DEUS, SENHORA DA HUMILDADE!
O REINO DE DEUS É O REINO DO AMOR!
NOSSA SENHORA DA ESCUTA
NOSSA SENHORA APARECIDA: ROGAI POR NÓS!
SANTA TEREZINHA DO MENINO JESUS: PADROEIRA DAS MISSÕES
SETEMBRO: MÊS DA BÍBLIA
SEMANA DE ORAÇÃO PARA A VIDA RELIGIOSA
SEMANA DA FAMÍLIA
VOCAÇÃO AO SACERDÓCIO

« anterior 1 | 2 | 3 | 4 próximo »

    IOP     ESPIRITUALIDADE     VOCACIONAL     AMIGOS     FORMAÇÃO     LINKS     CONTATO