Terça, 21 de Novembro de 2017
ARTIGOS

2015: ANO DEDICADO À VIDA RELIGIOSA CONSAGRADA


Cidade do Vaticano (RV) – Uma Celebração Eucarística na Basílica de São Pedro na manhã deste primeiro domingo do Advento - presidida pelo Prefeito da Congregação para os Institutos de Vida Consagrada e as Sociedade de Vida Apostólica, Cardeal Dom João Braz de Aviz -, deu início ao Ano da Vida Consagrada, que se estenderá até fevereiro de 2016. Uma mensagem do Papa Francisco foi lida aos presentes:

“Despertai o mundo! Iluminai-o com o vosso testemunho profético e contra-a-corrente”, exortou Francisco no dia em que é aberto o Ano da Vida Consagrada por ele convocado, há 50 anos da promulgação do decreto conciliar “Perfectae caritatis” sobre a renovação da vida religiosa. Na mensagem, o Santo Padre abraça fraternalmente os consagrados e consagradas, mostrando-lhes a “beleza e a preciosidade desta peculiar forma de seguimento Christi, representada – explica – por todos” aquele que “decidiram deixar tudo para imitar Cristo mais de perto mediante a profissão dos conselhos evangélicos”.

Olhando às “tantas iniciativas” que serão “realizadas em todas as partes do mundo”, o Papa exorta a um testemunho luminoso indicando, ainda uma vez, as três palavras programáticas: “Ser alegres”, isto é, mostrar a todos que seguir Cristo e colocar em prática o Evangelho enche “o coração de felicidade”. Ser “corajosos” porque – escreve – “quem se sente amado pelo Senhor sabe depositar nele toda confiança”, podendo “como os vossos fundadores” abrir “caminhos novos de serviço ao reino de Deus”. E terceiro ponto, ser “homens e mulheres de comunhão”. “Sejam incansáveis construtores de fraternidade” – exorta – expecialmente em relação aos “mais pobres”, mostrem “que a fraternidade universal não é uma utopia, mas o sonho mesmo de Jesus para a humanidade inteira”.

As palavras do Papa foram acolhidas com alegria e comoção pelos presentes e o Cardeal João Braz de Aviz expressou “plena comunhão” com o “Papa na Turquia” para o encontro “fraterno com o Patriarca Bartolomeu” e para aprofundar o diálogo inter-religioso com os irmãos e irmãs muçulmanos”. Grande a alegria para os novos desafios:

“Iniciamos este Ano da Vida Consagrada no sinal da esperança cristã pois o Senhor é fiel e, com a sua misericórida, transforma as nossas infidelidades. Quem espera nele não fica desiludido”.

A entrega a Deus muda o coração do homem e torna seguro o nosso caminho, disse o Cardeal:

“Quanto mais nos deixamos plasmar pelo Pai como argila em suas mãos, isto é, mais nos entregamos confiantes em suas mãos de Pai que nos ama, mais nós caminharemos com segurança e despertos no encontro com Ele, quando chegará. Este comportamento poderá dar muita profundidade ao ano que agora iniciamos”.

Ao concluir sua reflexão, baseada nos pontos propostos pelo Papa Francisco na Carta Apostólica “Testemunhos da Alegria”, dirigida aos religiosos e religiosas como um programa concreto para o Ano da Vida Consagrada, o Cardeal Braz de Aviz convidou a todos para “sentirem como nosso este programa concreto traçado pelo Papa Francisco”, que faz concentrar o nosso caminho do Ano da Vida Consagrada em três realidades centrais: Evangelho, Profecia e Esperança. (JE)

(from Vatican Radio)

 

Outros Artigos
2015: ANO DEDICADO À VIDA RELIGIOSA CONSAGRADA
IRMÃ ADRIANA VOLTA AO BRASIL
IRMÃ FABIOLA: missionária no Mali
IRMÃ LILIANA
ABERTO O PROCESSO PARA A BEATIFICAÇÃO DE DOM LUCIANO
NAS PEGADAS DA SAGRADA FAMÍLIA!
TODA VIDA É UMA NOVA PALAVRA DE DEUS!
TESTEMUNHO DE FÉ!
VOLTARAM EM NAZARÉ...
IRMÃ LILIANA: FESTEJANDO 50 ANOS DE CONSAGRAÇÃO!

« anterior 1 | 2 | 3 próximo »

    IOP     ESPIRITUALIDADE     VOCACIONAL     AMIGOS     FORMAÇÃO     LINKS     CONTATO